Páginas

sexta-feira, 11 de março de 2011

Perdeste-me...




Talvez algum dia, quando me quiseres na tua vida, eu já esteja na vida de alguém que sempre me quis.


Quando te lembrares da minha existência, talvez eu já tenha desaparecido do alcance da tua vista.


Se algum dia os nossos caminhos se voltarem a cruzar, talvez o meu coração não bata mais rápido devido à tua presença.


No dia em que vires outro alguém a segurar a minha mão, lembra-te que um dia ela esteve à tua espera e que foste tu que não a quisseste agarrar.


Quando precisares da minha ajuda, lembra-te das inúmeras vezes que te tentei ajudar e tu não aceitas-te.


Se um dia quiseres o meu amor, lembra-te do dia em que o recussas-te.


Talvez algum dia sintas saudades de sentir o meu olhar pousado em ti, mas talvez nesse momento o meu olhar já esteja pousado em outro alguém que o mereça mais que tu, por me querer como eu te queria.


No dia em que quiseres o aconchego do meu abraço, talvez ele já esteja ocupado a aconchegar alguém que o mereça de verdade.


Se algum dia sentires saudades de os meus lábios beijar, talvez eles já estejam ocupados a beijar outros lábios que não os teus.


Talvez algum dia percebas que realmente me queres e nesse dia eu já não te queira.


E no dia em que sofreres por amor, quando os teus olhos deixarem cair lágrimas de tristeza, de saudade, e o teu estômago estiver tão embrulhado que nem vais conseguir comer e sentires que o coração irá parar a qualquer momento devido a não conseguir suportar uma dor tão grande... consola-te, pois era assim que me sentia.


Se algum dia viveres um amor não correspondido, lembra-te que ontem eu sofria por um igual.


Quando descobrires o que é amar alguém de verdade, sorri pois nesse dia eu deixarei de pensar que és uma pessoa sem coração.


E se depois de tudo o que escrevi ainda não percebes-te que te amo, esquece estas palavras e lembra-te das seguintes: Perdeste-me para sempre!


Perdeste-me porque assim o decidiste.


Foram as tuas decisões, foram os teus actos, foi a tua cegueira consciente de não querer ver o meu amor por ti...


Adeus...

2 comentários:

  1. Gostei e fiquei fa! =)

    Lembra-te que a vida dá muitas voltas! E cada dia terá um sorriso diferente :)

    ResponderEliminar